Setembro amarelo: como evitar os efeitos negativos das redes sociais

Data da postagem: 8 de setembro de 2021

As redes sociais há bastante tempo fazem parte do nosso cotidiano, o que é um fato irreversível. O que expomos na internet tem o poder de influenciar as pessoas, não só em relação à forma de pensar como o estilo de vida e escolhas de consumo. Isso se torna um problema quando o que vemos começa a ditar o que devemos ou não ter e ser. Portanto, é um lugar perigoso.

Além disso, o fácil acesso às diversas mídias e inclusive a artistas e personalidades que admiramos têm o potencial de nos prender às telas. Dessa forma, acabamos desperdiçando um tempo precioso, que poderíamos estar dedicando ao trabalho, estudos e autocuidado.

Está cada vez mais claro que o mau uso das redes sociais está por trás de diversos efeitos negativos na saúde mental das pessoas. Entre eles estão a depressão e os transtornos alimentares. O auge desse mau uso é o ato mais desesperador e irreversível ao qual um ser humano pode chegar: o suicídio. Sendo assim, em razão da campanha Setembro Amarelo, pela prevenção ao suicídio, listamos algumas maneiras de evitar que os efeitos negativos das redes sociais nos influenciem.

1. Tenha um tempo offline

Estabeleça um momento do dia para desenvolver atividades offline: ler um livro, praticar esportes, cozinhar, ouvir música, entre outras atividades. De preferência, mantenha o celular longe nesse período.

2. Desative as notificações automáticas

Limpar notificações têm um efeito viciante no nosso cérebro. Quanto mais notificações você recebe, mais fixado no celular você fica. Desative as notificações dos aplicativos para evitar aquela ansiedade de ficar esperando algo acontecer. Deixar o celular no silencioso pode ajudar também, mas isso não evita que, ao pegar o celular novamente, você acabe perdendo um tempão vendo tudo o que perdeu.

3. Pratique o “unfollow positivo”

O unfollow positivo consiste em deixar de curtir ou seguir todas as pessoas que te fazem se sentir mal. Ao reduzir o número de amigos nas redes sociais, você se compara menos às pessoas e fica menos vulnerável a ter sentimentos como inveja e carência.

4. Elimine aplicativos

Se nada disso servir para você deixar de ficar verificando o celular o tempo todo, uma saída mais eficiente é desinstalar os aplicativos. Dessa forma, você pode ganhar muito mais tempo no seu dia a dia.

5. Abandone grupos de WhatsApp dispensáveis

Você faz parte de quantos grupos de Whatsapp? Quais deles são realmente indispensáveis? Procure sair dos grupos que não te acrescentam em nada. Só você pode fazer esse balanço do que é ou não é elementar para você.

6. Encontre outras distrações

Se sua dependência pelas redes sociais são fruto do seu tédio e são seu momento de relaxar do stress do dia a dia, encontre distrações diferentes. Por exemplo, tente baixar algum jogo offline, em especial os que exigem treinar o cérebro, como jogos de conhecimentos gerais. Se for pra perder tempo, que seja com algo menos nocivo.

7. Não seja tão radical

Assim como o princípio da dieta, se você for muito radical, pode acabar causando o efeito contrário. Se ao invés de excluir suas contas, por exemplo, você passar a seguir somente as pessoas que realmente interagem com você e com as quais se sente bem, verá que vai tirar de letra esse “detox” de redes sociais.

Categorias: , ,