6 hábitos que vão potencializar sua memória

Data da postagem: 16 de fevereiro de 2022

A perda de memória é um fato que atinge e prejudica a vida de muitas pessoas. A ciência já comprovou que alguns fatores que prejudicam a memória não podem ser modificados. O fator idade, por exemplo, é um deles. Além disso, doenças como o Alzheimer também afetam a memória.

No entanto, o cérebro também é altamente flexível, ou seja, tem capacidade de se adaptar e pode ser aprimorado para ter uma memória mais potente, independentemente da idade. Essas 6 dicas podem ser a chave para ter um cérebro “malhado”. Confira.

1. Cuide da sua saúde

Uma boa memória está diretamente ligada à saúde física.  Procure manter bons níveis de pressão arterial, colesterol e glicemia, e tenha uma dieta rica em ômega 3. Manter o peso controlado também é crucial para a memória. Esteja sempre em dia com os acompanhamentos médicos, pois há doenças hormonais que podem enfraquecer a memória, como os problemas na tireoide, por exemplo. Além disso, a saúde mental também é um fator importante. Sendo assim, cuide das suas emoções e procure fazer um bom gerenciamento do estresse.

2. Saia da rotina

Nosso cérebro facilmente se acostuma com tarefas rotineiras como pegar o mesmo caminho para ir ao trabalho ou preparar sempre os mesmos pratos para o almoço ou janta. Isso faz com que nossa memória trabalhe pouco. Procure sair da rotina sempre que possível para treinar sua mente e expandi-la.

3. Cuide bem do seu sono

A saúde do sono também é um fator que afeta consideravelmente a mente, e que muitas pessoas negligenciam constantemente. Se você dorme bem, seu cérebro trabalha melhor, você fica mais atento, sente menos cansaço, mais disposição e até mesmo melhora o seu humor. Nunca duvide do potencial de uma boa noite de sono. Durma, pelo menos, 8h por dia.

4. Exercite-se

Praticar atividades físicas melhora o funcionamento do corpo em geral, e não é diferente com a memória. Se exercitar faz com que seu cérebro fique mais protegido e funcione melhor. Os exercícios ajudam a controlar a pressão arterial, o colesterol e a glicemia, o que reflete, também, na memória.

5. Se alimente com equilíbrio

Consuma refeições nutritivas e evite o jejum prolongado. Prefira comer vegetais verde escuros como couve, brócolis e espinafre, que são alimentos preciosos para a saúde do cérebro e ajuda, ainda, na imunidade. Crie o hábito de comer frutas variadas, mas principalmente as vermelhas, como: morango, tomate, framboesa, romã e melancia, pois são essenciais para a prevenção da perda de memória.

E para deixar sua alimentação muito mais proveitosa, uma alternativa que você deve considerar é o apoio de suplementos que ajudem na manutenção da saúde do cérebro. Por exemplo, o Ômega 3 é um dos suplementos mais recomendados para este fim, e pode também ajudar sua saúde em geral. Se cuide.

Categorias: , ,